sexta-feira, 27 de março de 2015

Perda de XIXI na Infância

Na maioria dos casos a perda de xixi é o resultado de uma combinação de fatores, como o desenvolvimento físico mais lento, um excesso de produção de xixi durante a noite, uma falta de capacidade para reconhecer que a bexiga está cheia durante o sono, contração involuntária da bexiga, herança genética e em alguns casos, ansiedade e traumas em casa ou na escola.
A Enurese Noturna mais conhecida como xixi na cama, é a forma mais comum de perda urinária infantil, enquanto que a perda diurna afeta apenas 2-4% das crianças entre os 5 e 7 anos.




Fique Atento aos sinais!

  • Verifique se a criança urina, em média, de três em três horas - de cinco a sete vezes por dia.
  • Repare se ela segura por muito tempo a urina ou se fica se contorcendo e colocando as mãos na genitália quando tem vontade de fazer xixi.
  • Fique de olho em que situações ela molha a roupa ou o pijama.
  • Veja qual a posição em que ela se senta no vaso (as meninas que se afundam na patente, por exemplo, contraem demais a barriga e não esvaziam a bexiga direito).
  • Apure se a criança vai ao banheiro na escola e a incentive a fazer xixi fora de casa - a timidez é inimiga da bexiga.
  • Observe se o jato de urina é fraco ou forte e se há algum incômodo para fazer xixi.
  • Avalie o comportamento do seu filho(a): ele é ansioso? É hiperativo? Passou por algum estresse intenso?

Identifique o problema para prevenir complicações, como infecções urinárias e danos nos rins


Lembrem-se pais ou responsáveis! Cuidem desse assunto com amor, calma e procure ajuda de um profissional especializado


quinta-feira, 19 de março de 2015

Postura correta para fazer COCÔ!

 Você sabia que existe uma postura correta para fazer cocô?


 Pois existe e estar numa posição adequada ajuda a eliminar todo o cocô e também  prevenir lesões no ânus como fissura e hemorróida.


 Preste atenção no quadro abaixo:



Divulgação/Arte UOL
   Fonte: site UOL



Para ficar nessa posição você pode utilizar um banquinho ou o Squatty Potty, que é um apoio para os pés e pode ser encontrado no site da ProctoShop.

Detalhes são importantes e faz diferença! Cuide-se!






terça-feira, 10 de março de 2015

Você sabe qual a forma correta do COCÔ?

Xi, que assunto vocês estão pensando, não é!?
Hoje uma das maiores queixas nos consultórios médicos (médico da área gástrica) é a dificuldade para evacuar, intestino preso ou prisão de ventre. Outro dado importante é que as mulheres são as mais acometidas.
A figura a seguir te ensina a identificar que tipo de cocô é o seu. Pode parecer estranho mas é muito importante aprender, saber e conhecer pois ele já dá o sinal que pode ter algo de errado.


A melhor forma é a do tipo 4. Por isso, mantenha uma alimentação saudável, frutas, verduras e muita água. Caso seu intestino se encontre com dificuldade para expelir as fezes há muito tempo (tipo 1 e 2) procure um médico gastroenterologista ou proctologista e um Fisioterapeuta Pélvico. 
A Fisioterapia Pélvica vai te ensinar como evacuar sem utilizar força (força para evacuar não é bom) e assim evitar fissuras anais e hemorróidas.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Ops! Preciso correr para o banheiro!





Essa urgência para chegar ao banheiro, acompanhada ou não de perda urinária, é um dos sintomas relacionado a disfunção miccional. 

Isso tem solução! 

A Fisioterapia Pélvica te ajuda a controlar suas idas ao banheiro e não ficar refém dele.


Saiba que é normal ir ao banheiro de 6-8 vezes ao dia e nenhuma durante o sono.



Cuide-se! Procure um profissional especializado


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Retirada da Próstata X Incontinência Urinária

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, o Câncer de Próstata é o mais frequente no sexo masculino. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença.
A prostatectomia radical é o método cirúrgico mais eficaz para esse tipo de câncer. A incontinência urinária é uma das disfunções mais comum no pós-cirúrgico e a ICS (Internacional Continence Society) recomenda o tratamento fisioterapêutico como primeira escolha.

Resultado de imagem para incontinência masculina fisioterapia

Fisioterapia Pélvica é a especialidade responsável pelo tratamento da incontinência urinária, que proporciona ao paciente melhor conscientização, controle e força da musculatura do períneo, obtendo assim mais rápida sua continência.


Procure o seu Urologista regularmente e um Fisioterapeuta Pélvico

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Sexualidade e Qualidade de Vida






Você conhece alguém que tem dor na relação sexual, diminuição do desejo sexual, dificuldade para ter penetração e orgasmo?


Essas disfunções sexuais afetam a qualidade de vida das mulheres e de seus parceiros. A Fisioterapia Pélvica ajuda a prevenir e tratar essas disfunções.


Procure um profissional especialista, estamos a sua disposição para esclarecer dúvidas.